quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Diário Espiritual de Hoje: Perceverança na Oração:

 "E Enuanto Moises ficava com as mãos erguidas, Isravel vencia a batalha, porém, quando Moises cançava e abaixava as mãos, Israél perdia" Ex. 17

Já diziasanta Tereza d´Ávila, no seu livro, o castelo interior, já nas primeiras moradas: quem deixa de rezar se perde na estrada... De fato, vascilar na oração é a perdição do cristão, na oração nós cultivamos a mizade com Deus, o qque gera em nós a santidade, perder a chance de rezar diariamente é um prejuízo terrivel ao cristão, porque a oração é a porta de entrada da vida espiritual, sem ela, o cristão fica do lado de fora, onde é perigoso, onde o diábo inventa mentiras e tentações de todos os lados para danar a nossa fé... Pela oração alcançamos grandes graças, porque Deus está conosco, muito mais que milagres, ela nos concede a salvação, que é a restauração da amizade do homem com Deus. Entre tanto há muitas formas de orações, embora eu não abra mão das convêncionais, sei que a caridade, justiça, bondade e verdade, são a oração de louvor que mais agrada a Deus, e sei que suportar os outros e obedecer, mesmo contra a nossa vontade, é a melhor oração de penitencia que um cristão pode fazer, e ainda nas horas difíceis do seu dia corrido, incline sua cabeça em silêncio, e no seu coração peça ajuda a Deus, peça paciência, sabedoria, etc. Dessa forma você não apenas estará em oração, mas fará da sua vida um oração, só não vale desistir de rezar, porque esse nunca será santo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário