sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Diário Espiritual de Hoje: O Sacrifício de Louvor

" Far-me-ás um altar de terra, e sobre ele oferecerás teus sacrifícios e holocaustos, em todo lugar onde se fizer celebrar a memória do meu nome, ALÍ ESTAREI E OS ABENÇOAREI" Ex: 20,24Apesar de valorizarmos os lugares do sacrifício a Deus, ou seja, a Igreja, como lugar santo onde Deus quer nos dar benção especial e ensinamentos, o verdadeiro templo de Deus é o próprio homem, e o altar sagrado deve ser coração, nada de impuro deve entrar nesse santuário ou ser idolatrado nesse altar... Ao contrário, sabendo que nosso interior Deus habita, devemos oferecer sacrificios de louvor, comunhão e purificação... Sacrificio de comunhão é quando mesmo em meio ao sofrimento eu obedeço a Deus, isso é um sacrificio de comunhão. Também, quanado nós pecamos ofendemos ao senhor e ferimos a nossa dignidade humana que é também divina, por isso purificamos o nosso coração quando rejeitamos o mal e praticamos o bem: justiça, caridade, bondade, misericórdia, respeito, verdade... mesmo quando praticamos essas coisas com muito sacrificio, elas se tornam sacrifícios de purificação, porque purificam o nosso ser do mal com o bem, ao mesmo tempo, a ofença que nós fizemos a Deus, é reparada pelo louvor das nossas boas obras, graças ao primeiro sacrifício de Jesus, o qual somos convidados a imitar, embora o nosso sacrifício seja válido porque participa do dele... Os sacrificios nos unem a Deus, e cumprindo sua promessa, ele nos abençoa, e assim abençoa o mundo, por tanto, não perca a oportunidade de praticar atos de bondade que reparem o mal cometido contra Deus e que nos impurifica o coração, nos tornando homens maus...

Nenhum comentário:

Postar um comentário