quarta-feira, 13 de novembro de 2013

A Inquisição

Bom... estava conversando com um amigo sobre a inquisição mais cedo e resolvi partilhar com vocês o resultado dessas ideias.
Será que você sabe o que foi a inquisição?
Será que a fonte pela qual você aprendeu sobre este assunto é confiável? 
Será mesmo que a Igreja queimou muita gente na idade média?

Pra começar inquisição, é um tribunal cristão que julga e sempre julgou somente assuntos relativos aos cristãos, na bíblia, há uma passagem que diz, se o teu irmão pecar corrigi-o, se não te ouvir chama outro, se ainda assim não ouvir vocês dois, chama a igreja, se nem assim ouvir, trata-o como um pecador público, (ou seja, expulsa-o da comunidade, dos crentes, que é a Igreja-povo). A inquisição, é um grupo de pessoas escolhidas pela igreja para julgar determinados casos de heresia, (contradições em relação a fé), o herege se torna anátema sint, ou seja, separado, amaldiçoado, excluído da comunidade, e é declarado como herege público diante dos outros cristãos.
mas, como na idade média, na Europa éramos a maioria cristãos, então, ser declarado herege era a mesma coisa que ser excluído da sociedade, e nos reinos cristãos, o estado se embasava em suas leis a partir das leis da Igreja, o estado queimava os hereges que fossem condenados pela Igreja... a Inquisição ainda hoje existe, ela julga afirmações que são contrárias a fé e as exclui da comunidade cristã, (A Igreja), para que não confunda os fiéis... mas a Inquisição, na idade média como ainda hoje, concede a oportunidade de os cristãos se redimirem, pedindo perdão pelos seus erros, e prometendo uma conversão para a salvação de sua própria alma.
Dizem que somente a Deus cabe o julgamento, mas isso se refere ao julgamento definitivo, ou juízo final, e quanto a prepotência de uns sobre os outros, a inquisição, não tinha fins prepotentes e sim proteger os fiéis de afirmações como as que diziam que Jesus não era Deus, e sim um homem santo e ungido... e também ajudar o errante pecador a se corrigir no seu erro, e assim salvar a sua alma. A Deus pertence o julgamento, mas nas coisas eternas como a salvação final. nas coisas temporais, o homem que tem juízo deve usá-lo, se não ele vira um animal sem juízo. se nas coisas temporais nós somos chamados a usar nosso juízo, (a final foi para isso que Deus nos deu juízo), é porque fomos feitos a imagem e semelhança de Deus...
a inquisição é apenas um tribunal referente a coisas cristãs, como doutrina, e nunca deu autorização, (Pelo menos não que eu saiba, como estudante de história medieval). a ideia de que a Igreja queimava gente, foi propagada pelos pensadores ateus na idade moderna, e é ensinado nas faculdades aos professores de história, assim como muitas atrocidades como o descobrimento do Brasil, a independência dele, ou a história antiga, quando na verdade é apenas história da Europa, porque o mundo já existia e já havia desenvolvimento mas nós não conhecemos a história.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário