segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Carros-pipa não são a melhor solução para seca no Nordeste, diz Dilma

 
Fonte: Blog do Carlos Britto

Após o anúncio do investimento de R$ 1,8 bilhão para obras de prevenção da seca, a presidente Dilma Rousseff (PT) cobrou integração entre os governos para enfrentar os efeitos da estiagem, considerada a mais devastadora dos últimos 40 anos.
O pedido foi direcionado aos governadores que participaram da reunião do Conselho Deliberativo da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Condel), realizada na tarde de ontem (9) em Salvador (BA).
“As coisas deram certo até agora em parceria. Sozinhos não vamos resolver”, ressaltou Dilma, reforçando a fala do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho (PSB), que alertou para as ações a serem tomadas em conjunto com o governo federal e os comitês estaduais de combate à seca, evitando assim o choque de medidas.
O encontro também contou com a presença de representantes de outros órgãos envolvidos no plano de prevenção da estiagem, como a Agência Nacional de Águas, Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Ministério das Cidades, Banco do Nordeste e Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).
Em discurso, Dilma frisou que somente obras estruturantes podem resolver o problema histórico do Nordeste, que deve continuar sofrendo com os baixos níveis de precipitação pluviométrica até fevereiro de 2013, segundo o relatório da Secretaria de Políticas e Programas de Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).
“Nós (governo) nos orgulhamos por termos feito a maior operação desse país para amenizar os efeitos da seca, mas achamos que os carros-pipa não são a solução para o Nordeste”, pontuou a presidente, depois de justificar que a prática será mantida enquanto as obras não ficam prontas.
Todos os governadores assinaram termos de compromissos para a realização das 77 obras. Os estados que mais receberão recursos do PAC de Prevenção da Seca são a Bahia (R$ 454,9 mi), Piauí (R$ 307,5 mi) e Pernambuco (R$ 242 mi). Durante o pronunciamento, a presidente adiantou que, na próxima terça-feira (13), será lançado o Programa de Irrigação para o Nordeste. As informações são do NE-10.

Nenhum comentário:

Postar um comentário