quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Entrevista Vocacional com o seminarísta Gilberto Junior.

Bom dia Blogueiros...

Como sabem estamos no mês vocacional, e aqui vai mais um testemunho de um amigo seminarista para nós refletirmos essa semana...

José Gilberto Nascimento de Sousa Júnior, Diocese de Crato-Ceará, 1 ano de Filosofia.

1ª Porque decidiu ser Padre?
 Decidi ser padre porque Cristo vale a nossa vida, é ele o caminho certo, onde encontramos a salvação, e decidi seguir este caminho fazendo o discernimento vocacional no seminário.




2º Como aconteceu o seu chamado?
Desde criança observava os padres celebrando e queria ser como eles. Então sempre tive o desejo de estudar e ser Padre para a Igreja de Jesus Cristo, quando ingressei na catequese sempre expressava para minhas catequistas que um dia ia ser padre, e hoje estou caminhando em busca do ministério ordenado, a pesar de pouco tempo de seminário, sinto que Cristo a cada dia renova o seu chamado a minha pessoa; - ” Vem filho meu, preciso de ti para trabalhar na minha vinha.”

3º Na sua concepção, o que é ser padre?
 Ser Padre é ser servidor do povo, é estar com o povo, é agir na pessoa de Cristo, é doar a vida, é renunciar a tudo, deixar tudo e ir em busca do Deus que é tudo.

4º O que você mais gosta na vida sacerdotal?
 Vejo a vida sacerdotal como uma entrega total a Cristo, o sacerdote é um exemplo de humildade, de serviço de amor e de generosidade, a pesar de não ser digno de tal ministério ele pela à ação do Espírito Santo transforma o pão e o vinho em corpo e sangue de Cristo Jesus.

5º Pra você, qual a maior dificuldade dessa escolha?
A dificuldade encontrada são as provações colocadas a nossa frente, o abandono da família, dos amigos de sua terra natal, mas é diante das dificuldades que procuramos ser fortes para deixar que o Cristo se manifeste em nossa vida.

6º Qual a opinião dos seus pais e amigos em relação a sua vocação?
Meus pais e amigos sempre me apoiaram diante desta escolha, sempre rezam por mim e por todos aqueles que dizem SIM ao projeto de Deus.

7º Que recado você deixaria aos vocacionados que estão em dicernimento sacerdotal e qual seu conselho para quem quer entrar no seminário?
 Que perseverem na fé, na vocação, sejam pacientes, respondam com generosidade, humildade e firmeza o verdadeiro SIM ao chamado do Senhor. A convivência no seminário é muito bom, convivência de fraternidade, humildade e amizade fraterna. Que o Senhor da Messe, Pastor e guia do Rebanho possa nos abençoar e nos proteger durante o discernimento vocacional e na vida de seminário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário