sábado, 30 de junho de 2012

Inclusão Digital em Petrolina

Inclusão digital: mais de 10.000 estudantes de escolas públicas em Petrolina receberão computador portátil

Curiosidade, cliques e muitos sorrisos. Assim foi o dia, hoje (28), das crianças da rede municipal de ensino em Petrolina. Os alunos da Escola Municipal Laurita Leda, na Vila Marcela receberam das mãos do Prefeito, Julio Lossio, netbooks para auxiliar na aprendizagem e aproveitamento escolar. Também foram inaugurados laboratórios de informática com projetores interativos e novas salas de aula e de recursos. São 10.000 computadores a serem distribuídos aos estudantes do 6° ao 9° ano das escolas publicas de Petrolina. 

Maria do Socorro Canário, diretora da Escola Laurita Leda, conta que acreditava ser utopia uma escola pública receber tantos recursos tecnológicos, além de um netbook para cada aluno. “Quando Dr. Julio disse que nos daria o novo laboratório e os computadores individuais eu não acreditei. Mas hoje estou aqui, junto com os alunos e os pais comemorando essa conquista. Estamos ganhando um novo laboratório, duas salas de aula, uma sala de recursos e 39 netbooks”. Com os novos equipamentos, a gestora acredita que as aulas serão mais interativas. “Com certeza a educação destes alunos vai melhorar ainda mais. As aulas vão ser mais dinâmicas e despertando a curiosidade dos alunos em sempre querer aprender mais”, afirma Maria do Socorro.

Com o novo mecanismo a proposta é que o município proporcione inclusão digital, além de estimular o processo de ensino-aprendizagem. “As famílias destes alunos são as maiores beneficiadas com os novos computadores porque irão utilizar estes equipamentos em casa com as crianças em busca de conhecimentos. Desta forma, todos serão incluídos na sociedade através da inclusão digital. O que significa mais um passo para a formação do cidadão. Estas crianças vão poder estudar e fazer pesquisas em casa, assim como fazem os filhos dos mais ricos”, explica Adriana Ramos, coordenadora do Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE). 

A estudante Janine Silva está no 6 ano e pela primeira vez vai ter um computador em casa. “Eu nunca tive um computador. Tudo o que aprendi de informática foi na escola com os professores”. Conhecida como a mais dedicada da sala entre os amigos, Janine já tem planos para o computador que acabou de ganhar. “Vou fazer todos os meus trabalhos em casa e aprender várias coisas. Tenho certeza que com o computador que estou recebendo vou ter mais conhecimento, pesquisar na internet e melhorar ainda mais as minhas notas”, enaltece a aluna. 

O estudante Luênio Felipe conta como fazia seus trabalhos antes de receber o computador. “Antes eu fazia trabalhos da escola nas lan houses e tínha que pagar. Com o computador eu posso fazer os trabalhos em casa ou até mesmo na escola com mais tempo”, conta. 

A operacionalização dos laboratórios será feita por profissionais da área de educação, orientados e acompanhados pela equipe do NTE, cuja missão é contribuir para a melhoria do processo de ensino mediante a utilização dos recursos tecnológicos nas escolas da Rede Municipal de Ensino. “Os professores já estão sendo capacitados para utilizarem e ensinarem com estes equipamentos. Nossa proposta é que o mais rápido possível todos aprendam a manusear os computadores e projetores desenvolvendo e aprimorando suas capacidades”, ressalta Adriana Ramos. 

Além dessas unidades outras quatro escolas já dispõem de laboratórios inaugurados em novembro do ano passado. As inaugurações dos laboratórios de informática devem contemplar toda rede municipal de educação e beneficiar 32.759 alunos. Os computadores foram adquiridos através do Ministério da Educação (MEC), por meio do Programa Nacional de Tecnologia Educacional (ProInfo). 

O prefeito Julio Lossio avalia que com a nova tecnologia nas escolas os alunos do ensino público terão méritos igualados aos estudantes das escolas particulares, podendo assim, competir de igual para igual. “Nunca antes na história desta cidade o filho do mais pobre teve acesso ao computador como hoje está tendo. Estas crianças tem, agora, a oportunidade de aprenderem informática e treinar em casa junto com a família. Todos os alunos a partir do 6 ano terão o seu próprio computador. Um benefício que nem todos os estudantes das escolas particulares tem”. 

Pensando em uma melhoria na qualidade de ensino e em um futuro melhor para as crianças de classes mais baixas, a Prefeitura de Petrolina tem investido em recursos tecnológicos, criação de creches e também na capacitação dos gestores. Para a secretária de educação, Célia Regina, este investimento é o início de mais benefícios futuros. “Trabalhamos na perspectiva da escola como semente de um mundo melhor. Capacitamos professores, inauguramos novas salas de aula e de informática, abriu-se novas creches e vários outros investimentos para as crianças, pois sabemos que é através da educação que conquistaremos um futuro melhor para nossa cidade”, enaltece a secretária. 

Texto: Gabriela Canário 
Foto: Marcizo Ventura

Nenhum comentário:

Postar um comentário