quinta-feira, 14 de junho de 2012

Eu sou muito feliz por ser Católico.

 “Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei minha Igreja”.

Eu pertenço e sirvo à Igreja que é de Cristo. Ora, se Cristo falou de “Minha Igreja” é justo perguntar: onde encontrar a Igreja de Cristo? Terá ela evaporado, de modo que qualquer um pode agora fundar “Igrejas” a seu bel prazer.
A Igreja de Jesus Cristo, foi instituída a partir daquele trecho de Jesus, que dirigindo - se a Pedro,diz:  “Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei minha Igreja”. Podemos constatar essas palavras de Cristo no livro de Mateus (16,13-19). Ao pronunciar essas palavras, Ele não disse a Pedro: - “... edificarei minhas Igrejas”. Não. Ele usa o termo no singular. Minha Igreja. Continuando a reflexão, podemos destacar que a sucessão de Pedro é vivida até hoje, atualmente pelo Papa Bento XVI, que sucede também outros que ocuparam esta função insigne, ou seja, de destaque, de honra, pois eles estão dando continuidade ao que Jesus apresentou a Pedro, sendo este o primeiro Papa. Nossa religião segue uma estrutura belíssima, pois está toda fundamentada nos ensinamentos de Jesus Cristo, utilizando as Sagradas Escrituras na orientação de tudo o que concerne a estrutura física e espiritual de seus adeptos.
Ser Católico é um motivo muito grande para agradecer a Deus, pois através da prática doutrinal, somos convidados a buscar de forma incessante a presença de Deus em nossa vida, e assim sendo, também por meio da proteção materna de Maria, vamos construindo pontes que nos levam a Deus, mesmo mediante os atalhos, desvios que a vida oferece a todo custo ou até mesmo sem nenhum.  Por isso, é preciso ter cuidado para sabermos escolher realmente o que é apresentado por Deus e o que os homens oferecem, pois existem muitas ofertas de vida sem sacrifício, sem cruzes, estas podem representar uma facilidade provisória, mas dificilmente ela estará ligada aos verdadeiros ensinamentos de Cristo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário