sexta-feira, 6 de abril de 2012

Sexta-feira Santa: Um Mistério de amor que poucos compreendem.




Meu doce Jesus, olho-te na cruz e meu coração se derrama, quem dera eu tocar nesse grande altar onde teu sacrifício de amor ofertou tua propria vida, grande mistério de amor de um pai saudoso de seus filhos.  Senhor, amo-vos com amor eterno, salve santo coração, se te amar é burrice eu quero ser como o jumentinho de jerusalém. Salve santo olhar, fiél até o fim, salve santas chagas inflamadas de amor, olhar sofrido de uma rosa que sangrou.
Deixa-me senhor, beijar tuas feridas de amor, deixa-me chorar senhor, porque essa cruz era minha, salve santo coração, tão inflamado de amor que aos poucos neste dia santo parava de pulsar aí, no alto da cruz...salve meu senhor, tão grande amor que o mundo não entende mas mesmo assim se rende, salve tarde santa em que até mesmo os anjos choraram, Salve divina mãe, a única dentre os mortais que sentiu a dor do coração de Deus em perder seu filho amado.Salve Mulher forte e santa, que no sei intimo chorava, mas sabia que o grão de trigo precisava morrer para brotar e dar frutos...
salve sangue sóbrio, rubro rio de águas vermelhas que derrama da cruz, para espergir os eleitos e amados, Salve fiél pelicano, que sobre tarde escura de nossas vidas deste-nos vossa própria carne como alimento para que não morressemos, e assim morreste tú ó amado pai, para que nós não morressimos.
Salve santo sacrificio, no qual os eleitos do mundo inteiro guardam e celebram neste dia tão doce mistério de amor que poucos entendem, salve meu senhor e meu Deus, que minha alma sedenta não tinha forças para morrer na cruz, e por mim mesmo não alcançaria a alegria da oferta, mas movido pelo amor, aprendo o caminho da cruz e para lá também me vou, morrer ao teu lado meu amor, como amigo fiél...
salve meu amor, e sosega meu coração, porque meu amado é mais forte que a morte, e minha alma não se cance de esperar tão santo terceiro dia, em que se levantará e o brilho do seu amor nos livrará da escuridão eterna.
Sosega meu coração que um novo dia vem chegando, pois o meu amado se levantará e me chamará pelo meu nome, espera no senhor Jerusalém, sem se cançar, pois eis que no terceiro dia ele virá!, mas agora, chore meu coração, porque adormeceu nas sombras do morte o santo coração do amor, chore amargurado, porque foi por mim tão severa morte e tão crué castigo, chore meu coração até que durmas pois o mistério que hoje celebras é um grande mistério de amor e um mitério santo!


Nenhum comentário:

Postar um comentário