segunda-feira, 26 de março de 2012

5º Domngo da Quaresma: A Hora da Minha Cruz.


“Esta será a aliança que concluirei com a casa de Israel, depois desses dias, — diz o Senhor: — imprimirei minha lei em suas entranhas, e hei de escrevê-la em seu coração"

A Palavra do Senhor na liturgis deste Domingo foi simplesmente linda, como é a vinda do próprio Jesus entre nós, "Imprimirei a minha lei nas suas entranhas", que palavra dócil e linda, o Senhor está disposto a nos perdoar, como é bom ver a Igreja celebrando estes mistérios, "Se o Grão de Trigo não morrer, caindo em terra fica só, mas se morrer dentro da terra dará frutos abundantes"

O senhor já sabia que sua hora era chegada, fico me perguntando como estaria o seu coração ao saber que se aproximava a grande hora.
Jesus sabia que para que outros tivessem vida era preciso que ele perdesse a sua, a grande vocação dele reflete a nossa, não importa como você sirva a Ele, mas neste servir certamnete teremos cruzes, perseguições, teremos de por nossos sonhos de lado, esquecer o nosso querer, lembro do povo da igreja que recebe bronca do marido por chegr em casa tarde, que é perceguido na escola por querer guardar a castidade e a virgindade, por não querer trair a esposa, muitas vezes esses irmãos são chamados te gay, assim como nós seminaristas ou provavelmente você que lê este artigo.

Os ateus nos chamam de inocentes ou idiótas, os protestantes de idólatras, os pecadores nos chamam de otários e beatos, mas o senhor nos chama de amigos, e o mundo nos chama de cristãos, isso quer dizer que enchergaram em nós o brilho do olhar dele.

Cedo ou tarde meu irmão a cruz da sua vida chega, quando você serve a Deus, é preciso ser generoso na oferta de sua vida, e fiél no serviço, é preciso um coração  cheio de amor, porque o Grão de trigo não apenas morre, ele renasce gerando de sí mesmo uma árvore que dá frutos, a sua vocação deve crescer assim, na oferta generosa da cruz, tenha coragem diante da Cruz, ele é o altar onde nós nos ofertamos plenamente a Deus...

Nenhum comentário:

Postar um comentário