sábado, 3 de março de 2012

2° Domingo da Quaresma: O Oferta de sí mesmo.


"Mestre, é bom ficarmos aqui, vamos fazer três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias"

  Ás vezes  nós nos deparamos com o senhor cheio de glória e achamos que, momentos de louvor, de alegria, de milagres, de adoração, que nos deixam perpléxos diante da beleza e da magestade de Deus, com nossa naturesa frágil, geralmente optamos pelos caminhos mais fácis e repetimos as palavras de Pedro, ainda que não literalmente, mas muitas vezes com nossos atos:
"Mestre, é bom ficarmos aqui, vamos fazer três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias"

Mas o Senhor sabe que não veio ao mundo à passeio, Ele tem uma missão, e corre um risco de pensar só em sí mesmo como houve com Pedro e esquecer dos irmãos que precisasm do sacrifício de sua cruz para a sua salvação, mas Jesus não permanece na montanha, ele desce de lá, na certeza de que lá em baixo o que lhe espera é a cruz, é um homem de coragem, diferente de nós que ao primeiro sinal de sofrimento abandonamos a Igreja, a missão, nós que não adimitimos ser humlhados na Igreja, nós que na hora da cruz fugimos de tudo...

   

Quantas vezes você não pensou em desistir diante da cruz?  






,

Pensemos ainda em Abraão, ele estava disposto a dar para Deus o seu bem mais precioso, seu próprio filho, para um pai, não há nada de mais precioso do que seu filho, e 
 mesmo assim Abraão estava disposto a oferta-lo a Deus, lembrando nossos pequenos sacrifícios quaresmais,  se hoje Deus me pedisse o meu mais prcioso e querido bem como prova do meu amor, será que eu teria a coragem de Abraão?


Na maioria das vezes a resposta é não, geralmente só vamos a missa, quando não temos outra coisa para fazer, cançados ou com algum compromisso nunca temos tempo para Deus, e mesmo os que são da Igreja, quantas vezes se doam com mesquinhéz ao serviço do senhor? Deus poupou o Filho de Abraão, ele só queria testa-lo, mas não poupou seu próprio Filho como prova do seu amor, e nós precisamos aprender a nos doar a Deus como Jesus o fez, sem reservas, até a ultima gota de sangue, até a hora da Cruz, se você ainda não entendeu, o sacrifício que Deus quer nessa quaresma é o seu coração, e com ele toda sua vida sem reservas para dividir com outras coisas. E se o coração e o sacrifício que ele quer, só pode ser ofertado no altar da cruz, nas pequenas chagas de amor do dia-a-dia, nos pequenos sacrificios de amor que você faz por ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário