terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Quarta - Feira de Cinzas: A Beleza e a Santidade do Deserto.


'Por isso a atrairei, conduzi-la-ei ao deserto e falar-lhe-ei ao coração' Os 2,16
 Amados irmãos, mais uma vez chegamos ao tempo de quaresma, e quantos de nós ainda não entenderam o que é a quaresma e quão linda e rica ela é...
 Para a nossa reflexão liturgica da quarta-feira de cinzas, eu vos trouxe a leitura de Oséias, onde a figura de um homem e uma mulher representam o senhor e a Igreja, O senhor como um homem justo e fiél, mas cuja esposa se prostituia, mesmo assim ele a amava, depois de muito traílo ele a abandonou e ela foi vendida como escrava, por ama-la demais ele a comprou, mas dessa vez disposto a conquista-la, ama-la, e liberta-la do cativeiro.
  Isso acontece conosco, que somos a Igreja de Cristo, nós nos envolvemos com coisas profanas e pecaminosas e traímos o amor do Senhor por nós, quando o abandonamos, o mundo nos escravisa, e ele, saudoso, procura-nos outra vez e nos encontra na escravidão, mas dessa vez ele não se revela mas tenta nos conquistar, sem saber quem ele é, aos poucos ele nos seduz, esperávamos um senhor duro e severo e ele se esconde no deserto e nos faz querer descobri-lo, com medo de seus julgamentos e seus castigos, tal qual a mulher do livro de Oséias, nós vamos ao deserto cheios de medo, mas percebemos que seu rosto é amistoso, e conhecido, é o nosso amado que nos procura outra véz: " Por isso a atrairei, conduzi-la-ei ao deserto e falar-lhe-ei ao coração" Os 2,16
  Esse é o desejo do senhor na quaresma: Ele quer nos condizir ao deserto, há um lugar secreto à sós, como os namorados fazem, quer ficar à sós conosco. Esse deserto é o nosso coração, é preciso deixar as paixões externas por um tempo para silênciar o coração e ouvir o amado que nos convida ao deserto para lá nós falar ao coração, por isso fazemos jejuns, penitencias, orações, silêncio, por isso as cinzas, por isso a cor roxa, é tempo de calar e ouvir o senhor, é tempo de deserto, tempo de pedir perdão a Deus pelos nosso muitos e graves pecados, e nesses exercícios espirituais que o senhor, através do seu amor e sua misericórdia, nos dá forças para seguirmos bem o ano em missão, a Igreja nos convida a um retiro de 40 dias, evite músicas animadas, especialmente festas, e o louvor não se dá apenas com danças, mas com caridade ao próximo, aprendendo a encontrar a face do senhor sofrido nos pobres e doentes, isso é louvor ao senhor, "Eu estive doente e fostes me ver", isso também é louvor, silêncio e obediencia é louvor.
  Aproveite a quaresma, quem se guarda no deserto e no silêncio, na penitencia e na caridade encontra o senhor e certamente será mais santo, arpoveite para fazer uma boa confissão e um bom jejum!
  Pax et bonum!
  Uma boa e santa Quaresma a Todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário