terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

De Assis: Saudades Eternas

Hoje o nosso carval perdeu uma parte valiosa do seu brilho, um dos nossos irmãos mais próximos faleceu, De Assis.
Esse cara era sem dúvida uma das pessoas mais alegres do grupo, sua alegria era contagiante, se eu fechar meus olhos ainda posso ouvir sua risada escandalosa, nessa hora não seu se choro ou rio, porque sempre me lembrarei dele com aquele sorrizão...
No grupo de oração hoje, poucos conseguiram conter as lágrimas, pedimos ajuda ao pessoal do são gonçalo e eu preguei, mais chorando que falando.
Ele mesmo foi quem sugeriu que no carnaval convidássemos outro grupo para animar com algo diferente o nosso louvor da terça-feira, e o mais triste é que ele não estava lá para ver até sua familia na igreja...
esteve com ele na missa do sábado do retiro de carnaval, mas outra missão me chamava, pela manhã ainda estive com ele no local de retiro e um irmão me chamou para ajudar a cantar uma música (Bom Pastor_Shalom), mas como eu estava apressado não pude ficar, essa foi a ultima canção que ele cantou com o coração em oração, ele gostava de me ouvir cantar, sempre dizia e me chamava de irmãozão, no intervalo do almoço, no retiro de carnaval ele teve um problema grave de coração e faleceu logo, eu estava num local onde não pegava celular, mas chegando em casa hoje pela manhã recebi uma mensagem de que estava na UTI, liguei para todos e logo descobri que ele já havia falecido e já havia sido sepultado, sem se quer poder se despedir de mim, sem que eu pudesse lhe prestar minha ultima homenagem.
  No grupo, estamos inconsoláveis, foi impossivel esconder da assembléia, por mais que nós tentássemos...
  Eu os amo a todos, com todo o meu coração, cada um deles é fundamental, perder um deles é uma grande dor, incomparavél, sei que ele agora, está no céu, olhando por nós, pertubando os anjos com a sua alegria certamente, nosso amado irmão, neguinho, saudades eternas...
  encerramos o grupo cantando..."Me leva em teus braços, meu pastor"... a ultima música que ele cantou...


  Nosso coração doi demais, parece mentira, eu ainda não acredito, mas eu sei que um dia, meu amigo agente vai se vêr outra vez, descance em paz meu irmãosinho! nós te amamos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário