terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Testemunho de Elba Ramalho.

Elba Ramalho, em entrevista ao site DESTRAVE da CANÇÃO NOVA, fala sobre sua conversão, e sua adesão ao movimento Pró-vida, e a luta deles no combate contra o aborto, e sua experiência com Nossa Senhora, confira:
Destrave.com: Mas o que o aborto tem a ver com a Elba Ramalho?
Elba Ramalho: Sou uma pessoa que, depois de andar muito pelos túneis escuros da vida, voltei a minha fé para os ritos da Igreja Católica. Estou muito próxima de Deus em oração e do amor de Nossa Senhora pelo mundo. Assim aos poucos fui me envolvendo, até que, por meio dessa espiritualidade, cheguei ao movimento pró-vida.
São pessoas superespeciais [movimento pró-vida], anjos, que lutam em favor da vida. E eu também assumi o compromisso, com Deus, de que farei parte dessa luta dando o meu depoimento e fazendo minhas orações.
Entrevista com Elba Ramalho
"A vida se dá na concepção e não no ato do nascimento, como muita gente acha", afirma Elba
Destrave.com: Na sua juventude você chegou a realizar um aborto, mas em que contexto da sua vida isso aconteceu e como foi a superação?
Elba Ramalho: Foi um momento de muita individualidade. Primeiro a gente acha que não há vida [assim que ocorre a concepção] e que existe apenas um monte de células e que a vida só se daria mais adiante na hora do nascimento. Mas essa é uma tolice e, por ignorância, muitas mulheres pecam e erram.
Eu acho que cada mulher que fez aborto e que pensa em fazê-lo deve pensar sempre em desistir e lembrar que existe uma vida. A vida se dá na concepção e não no ato do nascimento, como muita gente acha.
“Assuma seu filho, pois é uma vida que está dentro de você!”, incentiva Elba Ramalho
Destrave.com: O que você diria a estas mulheres que hoje têm o desejo de fazer o aborto?
Elba Ramalho:Assuma seu filho, pois é uma vida que está dentro de você! Não mate seu filho! Não seja uma assassina do seu filho nem pense que a sociedade permite isso.
Em circunstância nenhuma eu diria para as mulheres cometer este ato terrível e triste que tanto mágoa o coração de Deus.
Destrave.com: Gostaria que você contasse um pouco de sua experiência com Nossa Senhora em Medjugorje e também de sua missão pró-vida?
Elba Ramalho: Fui a Medjugorje por uma promessa que tinha feito, na verdade, porque eu tinha vindo de um relacionamento difícil, conturbado, dolorido e que não estava me fazendo feliz.
Depois de passar por tudo isso queria ir a Medjugorje agradecer a Nossa Senhora. Desde o momento em que embarquei e durante os 7 dias que fiquei lá houve um diálogo profundo meu com Nossa Senhora. No meu último dia, padre Pedro, que faz parte do movimento pró-vida, me entregou um terço, e eu rezo todos os dias para que as crianças não sejam abortadas.
Destrave.com: Para você o que representa a vida e por que lutarmos em favor da vida?
Elba Ramalho: Porque a vida é uma dádiva dada por Deus e quando Ele a [vida] sopra é uma coisa linda. Quando ela se concretiza e vem no ato da concepção e já se coloca no útero de uma mulher, isso é muito sagrado.
Devemos exaltar a vida, porque a vida é o próprio Deus.


Nenhum comentário:

Postar um comentário