quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Adoração e vida concorre ao Gremmy latino...



“Transformar o palco em Altar” – Ministério Adoração e Vida


Em entrevista ao site da agência Quartel Design, o ministério católico Adoração e Vida fala da emoção de
ser indicado pela primeira vez ao Grammy Latino
Quando Deus coloca um servo num lugar um pouco mais alto, é para que a Sua Luz alcance os mais distantes.” É assim, com o coração grato e convicto em Deus, que Walmir Alencar, líder do “Ministério Adoração e Vida” (MAV), fala a respeito da indicação do grupo ao Grammy Latino 2011. Pela primeira vez, o Ministério foi indicado para o Grammy Latino, considerado o Oscar da música latina. Ele concorre na categoria de “Melhor Álbum de Música Cristã” (Língua Portuguesa) com o CD “Em Santidade”, lançado em abril deste ano. O álbum contou com as participações mais que especiais do Padre Fábio de Melo, Adriana e Dunga (Canção Nova). O projeto gráfico foi assinado pela Quartel Design.
As indicações para 12ª edição do Grammy foram anunciadas pela Academia Latina da Gravação, no dia 14 de setembro. Com a indicação, o MAV, cujo foco é a adoração, tem mais uma oportunidade de mostrar ao mundo que a música católica tem qualidade e técnica, além, e principalmente, de muita unção de Deus.
A trajetória de sucesso do grupo se inicia em 2005, na bela cidade de São José dos Campos, São Paulo, após 26 anos de vida ministerial de Walmir Alencar. Nessa época, além de Walmir, Deus reuniu Fátima Souza (solista), Rodrigo Pires (teclados e vocais), Bruno Rocha (violão, guitarra e vocais) e Cayan Vieira (bateria) e os chamou de “Adoração e Vida”, com o objetivo de testemunhar o amor e a adoração a Deus com vida. E não parou por aí, Deus os confiou ainda uma missão: “transformar o palco em Altar” de adoração a Ele – Jesus. Esse é o MAV, considerado um dos ministérios de maior expressão da música católica nacional, cuja base da pregação é o amor de Deus, ministrado em oração e música.
E por falar em música, a maior parte das composições do Ministério é de autoria de Walmir Alencar. Destaque para a inspiradora canção título do mais recente trabalho, o CD “Em Santidade”. O MAV ainda conta as composições dos integrantes Rodrigo Pires e Bruno Rocha e com a parceria de amigos.
Na discografia do grupo constam os álbuns: “O Céu Se Abre” (2006); “Hoje Livre Sou” (em CD e DVD – 2008) e “Em Santidade” (2011). Em 2008 o grupo recebeu o reconhecimento pelo trabalho com o Disco de Ouro pelas 50 mil cópias do CD “Hoje Livre Sou”. O DVD já chegou à marca de 25 mil cópias vendidas. Uma grande conquista a se comemorar, visto que a pirataria tem atingindo consideravelmente o mercado fonográfico.
O sucesso do MAV ultrapassa fronteiras e conquista cada vez mais pessoas. Prova disso, são os vídeos do Ministério que já alcançaram mais de 100 milhões de acessos no canal Youtube (adoracaoevidaoficial). A música “Em Santidade” é um bom exemplo da popularidade do Ministério, mais de 160 mil acessos.
Em entrevista ao site da Quartel Design, o Ministério Adoração e Vida fala da indicação ao Grammy Latino, da importância desta indicação para a história da música católica e do CD “Em Santidade”.
O resultado da 12ª edição do Latin GRAMMY será divulgado no dia 10 de novembro, no Mandalay Bay Events Center de Las Vegas (EUA), com transmissão ao vivo pela Univisión entre 20h e 23h ET/PT. O Grammy tem como objetivo reconhecer a qualidade artística e técnica e “não a vendagem ou a posição nas listas dos mais tocados”, informa a organização. Agora, é torcer para que a excelência do grupo traga o prêmio para o Ministério.
use seu loguin e senha do orkut para deixar um comentário sobre este artigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário