sábado, 13 de junho de 2009

Meu Canto.


Existe um lugar lá no seminário onde agente mora, que eu chamo de meu canto, é o corredor da casa perto da quadra, de lá eu vejo as árvores e o céu, e é lá que eu faço minha oração pessoal todos os dias, ou melhor todas as noites, sentindo o vento no rosto, é um lugar que geralmente não há muito movimento, sentado neste eu chão eu paço horas olhando pro céu estrelado, e meditando sobre a minha vida, neste lugar eu sinto que Deus vem me visitar, aqui eu me sinto no colo do Pai.






Neste lugar eu me sinto voar sem sair do chão, meu coração encontra a paz que precisa para cantar as canções de amor que o meu coração anceia por cantar para Deus, o mundo não entende esse nosso amor, e talvez nunca entenderá, mas como entender as razões do coração, já dizia o poéta, somente os apaixonados sabem quanto vale uma canção de amor, é uma letra escrita num velho papel, guardada durante anos, que agente não tem coragerem de jogar fora.




É muito mais que ser um sonhador e viver voando, antes é voar sem sair do chão.
DEUS NÃO DÁ SONHOS QUE NÃO QUEIRA REALIZAR.
Sta. Terezinha do menino Jesus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário